Reforma trabalhista entra em vigor sem "compensações" prometidas por Temer

Centrais sindicais protestam contra desmonte da CLT

Uma reportagem publicada na sexta-feira (10) pela Rede Brasil Atual observa que a nova Lei Trabalhista (Lei 13.467/2017), que promove mudanças profundas na atual Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), entrou em vigor no sábado (11), com aplausos do empresariado, sem as "compensações" prometidas pelo governo. O novo arcabouço legal traz várias propostas apresentadas pela Confederação Nacional da Indústria e pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban). O Ministério do Trabalho, inclusive, apropria-se do termo "modernização" usado pela CNI para definir a "reforma", que na sexta-feira foi objeto de protestos por todo o país.

Veja a reportagem na íntegra.

Fonte: Contraf-CUT

Mais Notícias

+ Ver todas