Efeitos da reforma trabalhista extrapolam mundo do trabalho

Para assessor jurídico da CUT, nova lei trabalhista cria sociedade do "cada um por si"

Em entrevista concedida ao portal Sul21, o assessor jurídico nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), José Eymard Loguércio, disse que o modelo de sociedade projetado pela nova legislação trabalhista pode jogar o Brasil de volta ao século XIX, com relações de trabalho extremamente precarizadas e um mercado onde poucos ganham muito e a grande massa da população se empobrece cada vez mais. Para o advogado, esse será o cenário da conjuntura no Brasil após a implementação da nova Lei. Para ele, os efeitos dessa mudança, irão muito além da esfera das relações de trabalho.

Leia entrevista na íntegra no site do Sul21

Fonte: Contraf-CUT

Mais Notícias

+ Ver todas